Sem categoria
Out of Stock

O dia em que a mamã ficou com cara de chaleira

Raquel Saiz & João Vaz de Carvalho

ISBN 978-84-9871-019-9

13,50

Esgotado

INFORMACIÓN
  • Páginas 36 págs.
  • Encuadernación cartonado
  • Medidas 25x23 cm
  • Publicación março 2008

A mamã do Marquinhos estava tão zangada que começou a deitar fumo pela boca como se fosse um dragão. Nesse momento, o nariz transformou-se num bico; e a sua orelha esquerda, numa asa. Finalmente, Marquinhos apanhou do chão uma chaleira que se parecia muito com a sua mãe. Assustado, o menino foi ter com a vizinha, a avó Lubi, o tio Jesús, o amigo Chico, o bibliotecário, o senhor Inácio… mas ninguém parecia poder resolver a situação.

 


Descrição

A mamã do Marquinhos estava tão zangada que começou a deitar fumo pela boca como se fosse um dragão. Nesse momento, o nariz transformou-se num bico; e a sua orelha esquerda, numa asa. Finalmente, Marquinhos apanhou do chão uma chaleira que se parecia muito com a sua mãe. Assustado, o menino foi ter com a vizinha, a avó Lubi, o tio Jesús, o amigo Chico, o bibliotecário, o senhor Inácio… mas ninguém parecia poder resolver a situação.

 

Relato ágil, fresco e cheio de sentido de humor, que nos prende desde o primeiro momento e que, partindo do quotidiano e jogando com o inesperado, consegue fazer-nos chegar a um mundo fantástico e cheio de ritmo onde tudo é possível.

Uma história para transmitir às crianças o prazer da leitura, e sobretudo para quem acredita que a imaginação é a ferramenta mais poderosa que temos para apreender a realidade. O ilustrador português João Vaz de Carvalho, através das imagens, liga-se ao surrealismo do texto, criando personagens características, de pose rígida e olhos grandes, num imaginário particular inundado de fantasia e humor.

 

Texto de Raquel Saiz

Ilustrações de João Vaz de Carvalho