Bebé Bigodes

Patacrúa & Alessandra Cimatoribus

ISBN: 978-84-96788-61-9

Uma velha muito velha e um velho muito velho queriam ter um bebé, mas não sabiam como fazê-lo. Depois de inúmeras tentativas, de experimentar diversas fórmulas e até de pedir a colaboração aos reis e às cegonhas, chegaram a uma conclusão: fazer um filho é complicado. Um dia, a velhinha teve uma ideia…

 

13,50

Esgotado

INFORMACIÓN

Páginas: 36 págs.

Encuadernación: cartonado

Medidas: 25x23 cm

Publicación: novembro 2007

Uma velha muito velha e um velho muito velho queriam ter um bebé, mas não sabiam como fazê-lo. Depois de inúmeras tentativas, de experimentar diversas fórmulas e até de pedir a colaboração aos reis e às cegonhas, chegaram a uma conclusão: fazer um filho é complicado. Um dia, a velhinha teve uma ideia…

 

Com agudo sentido de humor e profusão de pormenores, esta versão livre de um conto tradicional mongol brinca com a questão “De onde vêm os bebés?” e aborda paralelamente o tema da idade e da procriação, um assunto pouco tocado na literatura infantil.

Imersos numa cultura onde parece que dos idosos nada mais se pode esperar, a história não está desprovida de outras leituras apoiadas pela imagem.

Bebé Bigodes reserva-nos um belo final que acende uma luz sobre a possibilidade da renovação das relações, viver intensamente assumindo a velhice como um privilégio e reivindicar o direito ao amor e ao prazer em qualquer altura da vida. Para além das alterações fisiológicas, a palavra, os sentimentos e o desejo podem permanecer intactos ao longo dos anos. Uma história para desfrutar em qualquer idade.

 

Texto de Patacrúa, a partir de um conto popular mongol

Ilustrações de Alessandra Cimatoribus

Tradução Dora Batalim Sottomayor

Últimos productos