Colecção O

A princesa de Aljustrel

Patacrúa & Javier Solchaga

ISBN 978-84-9871-531-6

13,50

Quantidade:
INFORMACIÓN
  • Páginas 36 págs.
  • Encuadernación cartonado
  • Medidas 25x23 cm
  • Publicación maio 2016 - Reedição

E isto o que é? Este é o gato que agarrou a pega que roubou o anel da Princesa de Aljustrel… E isto o que é? A Princesa de Aljustrel é um conto acumulativo clássico, adaptado no desenlace e na forma de apresentação e que recolhe os elementos mais típicos das séries que aparecem na Europa: gato, cão, pau, lume, água… Com este tipo de contos, as crianças aprendem a ver relações, a estabelecer conexões, generalizações e a prever.


Descrição

E isto o que é? Este é o gato que agarrou a pega que roubou o anel da Princesa de Aljustrel… E isto o que é? A Princesa de Aljustrel é um conto acumulativo clássico, adaptado no desenlace e na forma de apresentação e que recolhe os elementos mais típicos das séries que aparecem na Europa: gato, cão, pau, lume, água… Com este tipo de contos, as crianças aprendem a ver relações, a estabelecer conexões, generalizações e a prever. Partimos da apresentação da personagem que dá título à obra de um acontecimento narrado através de uma frase breve: “Esta é a pega que roubou o anel da princesa de Aljustrel.” A esta acção vão-se acrescentando, de uma forma matemática, outras novas. O elemento desaparecido constitui o fio condutor da história e propicia um desenlace feliz, fechando o ciclo de maneira circular e restabelecendo a ordem do princípio do conto: “Este é o pastor que encontrou o anel e ganhou um beijo da Princesa de Aljustrel.” A repetição de acontecimentos propiciará também a memorização do texto. Em muitas versões, a acumulação termina com a representação da morte sob variadas formas (faca, carniceiro…). Similares são as séries encontradas noutros contos de fórmula que surgem no Norte da Europa: cofre, chave, corda, rato, gato, pau, machado, ferreiro… Em todos eles, a rapidez da acção facilita o seguimento da sequência; para além disso, o rápido decurso dos acontecimentos é apresentado numa estrutura que joga com a curiosidade do receptor, para atrair o interesse ao máximo e favorecer o desenvolvimento da compreensão, imaginação e sentido de estética. Javier Solchaga oferece-nos uma especial proposta de ilustração tridimensional, elaborada a partir de elementos reciclados (garrafas, madeira, pedras, arame…). O jogo compositivo e de iluminação com que nos surpreende a fotografia confere um valor acrescido ao livro. O ilustrador apresenta objectos e personagens (anel, pano, pau…) de um ângulo impossível, para que o leitor tente adivinhar o sujeito protagonista da seguinte acção. Texto e imagem complementam-se num conto que revela outros pontos de vista e desperta a imaginação dos mais pequenos. Menção WHITE RAVEN 2007 (Internationale Jugend Bibliotek de Munich) Texto de Patacrúa, a partir de um conto popular europeu Ilustrações de Javier Solchaga Tradução Dora Batalim Sottomayor